Notícias e artigos do meio jurídico

Advocacia Preventiva

Advocacia Preventiva

Advocacia Preventiva

A importância da assessoria jurídica preventiva

Já dizia o ditado: é melhor prevenir do que remediar! Não é mesmo?

Pois bem, a certeza que se tira dessa mensagem popular é que aquele que se prepara dificilmente será surpreendido.

 

Ser empresário no Brasil não é fácil (olha mais um bordão aí!), os altos encargos e impostos, são, certamente, o calcanhar de Aquiles dos empreendedores, e quem dera fossem somente esses os problemas! Ainda tem-se que lidar com fornecedores, clientes, funcionários, marketing, contabilidade e... advogados!

 

Mas os advogados não devem ser vistos apenas como sinalizadores de problemas, ou então, “descascadores de abacaxi” rs.

 

A advocacia preventiva pode (e gera), muitos frutos positivos aos empresários, afinal, ter uma visão técnica sob todas as normas e procedimentos da empresa, adequando-os à legalidade, é certamente muito mais rentável do que consertar erros que podem gerar prejuízos imensuráveis.

 

Trabalhar a prevenção é estar um passo à frente. É uma medida extremamente eficaz e rentável, visto que aumenta a produtividade e evita prejuízos tanto na esfera extrajudicial como na judicial (e principalmente nesta).

 

O trabalho preventivo pode ser tanto global (contratos, trabalhista, relação com cliente, normas e procedimentos internos, etc) como pontual (por área). Nosso escritório por exemplo, faz literalmente uma imersão nas atividades do cliente, inteirando-se de detalhes de sua operação, assim, é possível traçar objetivos, identificar falhas, ajustar, corrigir e finalmente, comemorar os resultados.

 

Importante ressaltar que o exercício de uma advocacia preventiva não é garantia de inexistência de processos, mas sim, uma segurança para impedir riscos – quando possível – ou mensura-los, quando seu impedimento for inevitável.

  

Ou seja, o empresário aumenta sua capacidade laborativa, visto que terá a seu dispor “um olhar técnico” para assessorá-lo tanto em ações estratégicas, como no desenrolar do dia a dia.

 

Por exemplo: No que tange a assessoria jurídica preventiva trabalhista, nosso escritório tem se deparado na prática, com situações que podem ser evitadas no dia a dia, situações teoricamente simples, geram prejuízos consideráveis. Por exemplo: uma justa causa mal aplicada.

 

Sendo assim, certamente, é muito mais vantajoso para a empresa investir no trabalho jurídico preventivo – esse serviço renderá segurança jurídica para o desenvolvimento da atividade empresarial, e consequentemente, melhores resultados financeiros.

  • Compartilhe esse artigo!
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp